Gilmar Mendes argumenta sobre manifestação da PGR e é rebatido por procurador da Lava Jato

Share Button

O ministro do STF, Gilmar Mendes, argumentou sobre a manifestação de Raquel Dodge na qual afirmara que o ministro era incompetente para decidir sobre o habeas corpus ao rei dos ônibus no Rio, Jacob Barata Filho.

Mendes foi abordado na saída de um evento no TSE. A jornalistas ele afirmou que “essas conversas só se dão nos autos.”

Os presentes “insistiram e perguntaram ao ministro se ele tinha competência para analisar a liberdade de Barata”, segundo O Globo.

“Como eu lhe respondo? Você acha que alguém toma uma decisão achando-se incompetente?”, indagou Gilmar.

O procurador da Lava jato, então, rebateu, via Facebook, ao compartilhar a notícia sobre o tema:

“Não basta se achar competente, tem que ser competente,” disse Carlos Fernando dos Santos Lima.

 

Share Button

Related posts:

Leave a Reply