Hipocrisia! Globo, principal crítica de MINISTRA condenada em ação trabalhista, perdeu várias ações na justiça do trabalho

Hipocrisia! Globo, principal crítica de MINISTRA condenada em ação trabalhista, perdeu várias ações na justiça do trabalho
Share Button

Hipocrisia! Globo, principal crítica de MINISTRA condenada em ação trabalhista, perdeu várias ações na justiça do trabalho

É obvio que um ministro do trabalho deveria ser uma pessoa que sempre respeitou empregados e patrões. Mas, infelizmente, sabe-se que a indicação para ministérios não respeita meritocracia, se trata apenas de conchavos políticos. Lembrando que o ministério em questão não é responsável por proteger trabalhadores, mas por trabalhar para melhorar as condições para todos, empregados e empregadores.

Dadas as características das relações no BRASIL, onde vez por outra um trabalhador que nos prestava serviço eventualmente cismava de nos colocar na justiça, e ganhava, há muitas pessoas que perderam ações desse tipo e não por isso são mais ou menos dignas que outras. Não havia previsão de contrato de trabalho a ser firmado com características atípicas, como o serviço prestado duas vezes por semana, ou em horários alternados. Com a reforma as coisas foram mais flexibilizadas, veremos como ficarão.

Esse país virou um verdadeiro pau de galinheiro, uma verdadeira sujeira. A imprensa sabe dessas condições. É um país onde dificilmente os que atiram pedras estão completamente sem pecados no que diz respeito ao assunto atacado. É o “sujo falando do mau lavado”, como se diz.

A própria rede globo, uma das maiores críticas da indicação de Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho perde com freqüência ações na justiça movidas por ex-funcionários. Uma investigação movida pelo MINISTÉRIO DO TRABALHO em 2011 descobriu várias irregularidades, entre elas a submissão compulsória de funcionários a jornadas que chegavam a 19 horas de trabalho seguidas. A rede de TV, tal o volume de absurdos, teve que concordar em contratar centenas de funcionários no prazo de 1 ano e pagar multa de 1 milhão de reais.

Em outra ação a REDE GLOBO não pagou até o fim as despesas com saúde de funcionária que atuava como figurante e sofreu acidente em serviço. Depois de 12 anos de luta na justiça a ex-funcionária conseguiu que a GLOBO fosse condenada a pagar indenização.

Uma busca rápida na internet realizada pela equipe do Diário do Brasil mostra mais vários de resultados onde se vê a rede globo de televisão condenada a pagar indenizações ou melhorar as condições de trabalho de seus funcionários.

Diário do Brasil

Share Button

Related posts:

Assustador. MOURÃO teria sido promovido a SECRETÁRIO GERAL - Incoerência completa
"Vamos estourar cabeça de coxinhas" Líder de esquerda convoca para GUERRILHA em favor de L...
Raquel Sheherazade afronta igreja católica? Analfabetos funcionais, pouco se importam ou realmente m...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *